Agustinos Recoletos
Uncategorized

O Ano Litúrgico e a Solenidade de Cristo Rei do Universo

|Frei Ademildo Gomes | Brasil | Chama-se ano litúrgico a organização do ano como celebração progressiva do mistério de Cristo, isto é, desde a encarnação e nascimento até à ascensão, ao pentecostes e à expectativa da feliz esperança da vinda do Senhor (SacrosanctumConcilium, n.102). Ele fundamentalmente está organizado em dois ciclos: o tempo da páscoa e o tempo do natal. Intercalados por um período curto e outro mais longo, denominado de tempo comum.ciclo do Natal, inicia com sua preparação, o advento, e segue depois, com as festividades desse tempo, a própria solenidade do natal (liturgia que recorda a encarnação de Jesus) e as festas da sagrada família, de Maria Mãe de Deus, da Manifestação do Senhor (Epifania) e, por fim, do seu  Batismo. Terminado esse tempo, temos um curto intervalo denominado de, tempo comum. Nesse tempo, nossa atenção na liturgia se volta para o início da vida pública de Jesus. 

Após esse período, temos ciclo mais importante da liturgia, ciclo da páscoa. Também no tempo da páscoa temos uma preparação, a quaresmainiciada com a quarta-feira de cinzas, composta de cinco domingos, seguida pela Semana Santa  e o Tríduo pascal, no qual celebramos  a Páscoa de Jesus com uma única celebração, dividida em três momentos: ceia, paixão-morte e ressurreição. Esse ciclo continua com umsequência de oito domingos, sendo o sétimo a ascensão do Senhor e o último, pentecostes. Uma vez encerrado esse tempo, o ano litúrgico continua com o tempo comumagora de forma extensa. Essa parte maior do tempo comum começa com a festa da Santíssima Trindade, tem suas solenidades, festas e memórias , tais como: Corpus Christi, Sagrado Coração de Jesus, festividades de Nossa Senhora e dos Santos e Santas e, termina com a solenidade de Cristo Rei do Universo em fins de novembro e começo de dezembro. 

No que corresponde às leituras bíblicas, o ano litúrgico é dividido em ano A, B e C. 

Nesta divisão, cada Evangelho tem seu lugar próprio. No ano A, é lido o Evangelho de São Mateus; no ano B, lê-se o Evangelho de São Marcos; no ano C, lê-se o Evangelho de São Lucas. Quanto ao Evangelho de São João, ele é lido, de modo particular, em ocasiões especiais, isto é, festas e solenidades. Esse ano de 2019, foi para nós o Ano C, no qual, aos domingos, lemos o Evangelho de São Lucas. 2020 será para nós o ano A, portanto leremos o Evangelho de Mateus. Durante os dias de Semana, as leituras bíblicas são divididas de acordo com os anos pares e ímpares. Estamos, então, terminando o ano ímpar (2019) e vamos iniciar o ano par (2020).

Como já mencionamos, o ano termina com a Solenidade de Cristo Rei do Universo. No último domingo do ano litúrgico a Igreja proclama a glória de Jesus, o seu reinado. Porém, a liturgia nos mostra que seu reinado é completamente diferente dos reinados humanos e históricos. Seu reinado é do amor, da justiça, da humildade e do serviço. Sua glória está no seu mistério pascal. Seu trono é a cruz. A Igreja apresenta essa celebração do final do ano litúrgico para nos mostrar que essa é a meta de toda a liturgia, a glória de Deus, à participação de cada cristão, de cada cristã no reinado de Jesus. PoisCristo é o modelo para a Igreja e para todos os cristãos e também o centro da vida litúrgica.

 

 

 

 

 

Noticias Relacionadas

Who Are the Trade War Losers? Just Look at the Earnings Rolling In

admin

BP Makes $10.5 Billion Shale Deal, Its Biggest Since Deepwater Horizon

admin

A satisfação do Santo Padre com o «Barco Hospital Papa Francisco

Sergio Sambl

In Mozambique, a Living Laboratory for Nature’s Renewal Are On The Way

admin

Santa Mônica, Mulher forte

Sergio Sambl

Apple Earnings: Most Boring Quarter of The Year Still Holds Some Intrigue

admin

Deja un comentario